Pesquisa Rapida

Carregando...

sábado, 2 de janeiro de 2010

Cachoeira da Martinha - Chapada dos Guimarães


Cachoeira da Martinha

A Cachoeira da Martinha está situada à beira da rodovia, na BR 251, entre os municípios de Chapada dos Guimarães e Campo Verde. É uma área de relevante interesse turístico, rica em cachoeiras, corredeiras, fauna e flora abundante.


São 5 Quedas d'aguas


O rio da Casca forma a seqüência de quedas com o maior volume de água da Chapada - as piscinas naturais garantem o banho. Por ter acesso fácil, costuma lotar nos fins de semana.


Formações rochosas


Cachoeira da Martinha no Rio da Casca - divisa de Chapada dos Guimarães e Campo Verde


Banhistas se refrescam nas suas aguas geladas





A 40 km da cidade de Chapada dos Guimarães, pela Rodovia MT-251, sentido Campo Verde



ORIGEM DO NOME:

Depoimento: Dizem os moradores que no passado, próxima às margens desta cachoeira, vivia uma linda jovem chamada Martinha. Todos os tropeiros que passavam pelo local davam a desculpa que iriam se banhar na cachoeira - para ver Martinha. Esta cachoeira é a de maior volume em água da Chapada dos Guimarães. (25/09/2004)

sábado, 3 de outubro de 2009

NOVELA PARAISO - CHAPADA DOS GUIMARÃES



AS ULTIMAS CENAS DA NOVELA DA GLOBO PARAISO FOI TODA GRAVADA NA CHAPADA DOS GUIMARÃES - MT.

AS BELEZAS DOS PAREDÕES DA CHAPADA DEU PARA AS ULTIMAS CENAS, UM CENARIO INESQUECIVEIS PARA O CASAL PROTAGONISTA DA NOVELA.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

RIO DE JANEIRO : Olimpiadas 2016




PARABENS RIO DE JANEIRO!!!!!!

OLIMPIADAS DE 2016

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

SHOPING CENTER - Goiabeiras, Tres Américas e Pantanal

GOIABEIRAS














____________________________________________________________________
TRES AMÉRICAS














________________________________________________________

PANTANAL










segunda-feira, 21 de setembro de 2009

ZOOLOGICO DA UFMT EM CUIABÁ



















O zoológico da UFMT é o único do País que reproduz o jacaré albino. O casal adulto tem uma média 30 filhotes, dos quais apenas 10 nascem albinos.


No local, é possível observar as diversas espécies da fauna do pantanal. Fica anexo ao campus da UFMT, na Av. Fernando Correa da Costa.



Funciona de terça da domingo da 7h30m às 11h30m e das 13h30 às 17h20m.


Informações: 65 3615 8007

Video: Ariranha 

terça-feira, 15 de setembro de 2009

PANTANAL MATOGROSSENSE - Rota Turistica dos Europeus

Um pacote turístico para o Brasil comprado na Europa ou na América do Norte normalmente dura cerca de vinte a 25 dias e inclui cinco atrações essenciais. Há sempre uma capital do Nordeste (Salvador é a mais procurada, mas Recife e Fortaleza também entram na escolha), alguns dias no Rio de Janeiro, outros dois ou três em Foz do Iguaçu, uma parada em uma fazenda do Pantanal Mato-grossense e outra em algum hotel de selva da Amazônia. É a síntese de nossas belezas - mas, por incrível que pareça, esse quinteto de atrações segue desconhecido por muitos brasileiros.

Numa primeira olhada, pouca coisa parece se destacar da paisagem. A vastidão, plana, revela árvores aqui e acolá, um rio ou outro. Mas é só apurar os sentidos para que o Pantanal Mato-grossense revele toda a sua exuberância. Na imensa área alagável, uma mistura de Amazônia com cerrado e com chaco entre os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, vivem 650 espécies de aves, oitenta de mamíferos, mais de 250 de peixes e mais de 1000 de borboletas. É uma das maiores diversidades de vida do planeta.


Duas estradas permitem a exploração do Pantanal. Em Mato Grosso, a Transpantaneira, entre Poconé e Porto Jofre, tem 150 quilômetros. Na época seca, você vê os animais nos lagos ao redor da pista, ou cruzando a própria - daí a recomendação de dirigir bem devagar. Nas cheias, o calçamento ajuda a evitar derrapagens, mas alguns trechos alagam. Na Estrada-Parque do Pantanal, aberta ainda nos tempos do marechal Rondon, a travessia de 120 quilômetros acontece entre Buraco das Piranhas e Corumbá (MS).
Para ajudar nas cheias, antigas pontes de madeira surgem a todo tempo: são 87, algumas em estado precário. Na seca, no entanto, é que a proximidade com os animais acontece.
O grande barato do Pantanal é justamente curtir esse zoológico ao vivo e sem fronteiras. Bandos de araras, tucanos, tuiuius, periquitos, garças e tantos outros estão sempre à vista. Veados e capivaras pastam tranqüilamente, mesmo quando dividem terreno com onçaspintadas, lobos, sucuris e jacarés - e esses existem aos montes. Dividindo espaço com os animais nativos, há grandes rebanhos de gado.
São eles os responsáveis indiretos pelo tipo de hospedagem que mais aproxima o visitante do Pantanal: a estada numa fazenda pantaneira. Ao mesmo tempo em que desfrutam da paisagem, fazem passeios para avistar animais ou percorrer os rios da região, os hóspedes podem acompanhar a lida com o gado - há, inclusive, a opção de acompanhar uma comitiva de peões. Os gringos piram. Os brasileiros se orgulham.


terça-feira, 1 de setembro de 2009

Jaciara - Praias, Cachoeiras e Esportes Radicais

Jaciara
A cidade se localiza na calha do Rio São Lourenço, entre a capital Cuiabá e a cidade de Rondonópolis e possui uma boa infra-estrutura para receber turistas, com bons hotéis e restaurantes. Jaciara possui diversos atrativos naturais, propícios para a prática de esportes de aventura, como rios, cachoeiras, cânions e cavernas. O nome da cidade tem origem na lenda da Índia Jaciara, Senhora da Lua, no texto Vitória Régia, de Humberto Campos.
Cachoeira da Fumaça
Rapel
Esse Parque fica em uma propriedade particular que fica a 12 quilômetros da cidade e nele é possível fazer um rafting de aproximadamente duas horas até a Cachoeira da Fumaça, que possui uma queda de 30 metros, propícia para a prática de rapel. No local também existem piscinas naturais, corredeiras e cânions. Por se tratar de propriedade particular, é cobrado ingresso para entrar.

O Balneário Thermas Cachoeira da Fumaça é um lugar para se divertir, aventurar, relaxar, descansar e renovar as energias. Seu diferencial é a infra-estrutura para receber bem o turista. O paisagismo foi desenvolvido buscando preservar a beleza natural da região, onde você tem o privilégio de entrar em harmonia com a natureza.
O dia pode começar com caminhadas pelas trilhas do Balneário, que o leva a conhecer alguns pontos turísticos do local, como por exemplo, a Cachoeira dos Namorados, a Cachoeira dos Hippies e a Gruta de Pedras, pois com sua localização privilegiada facilita o acesso aos vários outros pontos túrísticos do município.
Cortado pelo Córrego do Engano, o Balneário possui uma vasta estrutura de lazer com:
Piscinas de águas naturais e correntes

Quiosque de televisão

Vestiários com duchas

Redário para descanso

Acesso às mais belas cachoeiras

Piscinas infantis cobertas

Play-ground infantil

Loja de souvenir

Toboágua

Amplo estacionamento

Bar e restaurante.

Caverna que Chora

Localizada na Fazenda Vertente, a 60 quilômetros do centro da cidade, a caverna possui diversas galerias e salões de arenito e é habitada por morcegos e insetos. No último salão da caverna existe uma pequena cachoeira, com águas que caem do teto e formam uma espécie de banheira natural, apelidada de Cachoeira do Amor. Por se tratar de propriedade particular, a entrada é paga.



Temporada de Esportes Radicais

Realizado durante os fins de semana, na segunda quinzena de julho e primeira quinzena de agosto, esse evento reúne competições de diversos esportes de aventura, inclusive com etapas regionais de off-road, canoagem e motocross. O evento é realizado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo.